Pudim Preguiça

Aprenda a fazer hoje mesmo um pudim preguiça muito fácil, onde você precisará de poucos ingredientes, e terá um pudim maravilhoso.

Canva – Pudim Preguiçoso

Ingredientes

  • 6 ovos
  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1/2 litro de leite
  • 1 xícara de coco ralado

Calda do Pudim

  • 1 1/2 xícaras (chá) de açúcar
  • 1/2 xícara (chá) de água

Modo de preparo da Calda do Pudim

Coloque o açúcar e a água em uma panela. Mexa para combinar. Cozinhe por cerca de 10 minutos (não mexa mais) até obter uma calda cor de caramelo. Em seguida, despeje em um círculo com um buraco no meio (bom para pudim).

Coloque o leite, o açúcar e os ovos em um copo misturador. bater. desconectar. Adicione a farinha e o coco ralado. Toque novamente para combinar. A mistura obtida é colocada na forma de caramelo. Asse em forno pré-aquecido a 180°C por 40 a 50 minutos.

Curiosidades do Pudim

O pudim de hoje pode ser descrito como uma receita bem brasileira, mas o país de origem desta comida deliciosa não é aqui, mas sim em Portugal.

Isso fica claro ao perceber que, décadas atrás, Portugal se autodenominava a terra dos pudins de leite. Segundo eles, esta deliciosa receita é considerada um patrimônio e foi desenvolvida por uma loja de sobremesas em seu país em meados do século XVI.


Hoje, porém, segundo alguns historiadores, não há como classificar a real aparência dessa invenção do doce, principalmente no que diz respeito à sua data, mas para os portugueses a principal certeza da questão é que os brasileiros no devido tempo ensinam como replicar esta receita corretamente.


Uma das maiores preciosidades de Portugal desde meados da Idade Média foi, sem dúvida, a influência da sua gastronomia, que consiste basicamente no leite quando falamos da preparação de sobremesas.

Para se ter uma ideia, em um antigo livro de receitas escrito por volta do século XVI, você já pode ver a presença de mais de sete doces que contêm leite em seu preparo.

Alguns portugueses afirmam que das sete receitas encontradas no livro, cerca de 3 poderiam facilmente ser classificadas como pudins, mas não foram desenformadas na época, o que é considerado um clássico da sobremesa hoje.

No entanto, na época isso era considerado um processo inexistente porque a maioria das pessoas acabava não fazendo.
Com o passar do tempo e com o avanço da receita, fizemos algumas modificações, resultando na geleia de pudim que conhecemos hoje, geralmente acompanhada de calda de caramelo e ameixas.